Busca:

Um modelo de crescimento econômico com mais justiça social


Provocado pelo discurso de Roberto Requião (PMDB-PR), que questionou a ausência de medidas para fortalecer a economia brasileira diante dos riscos da crise internacional, o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) sugeriu a adoção de um novo modelo de crescimento econômico que seja ambientalmente viável, capaz de produzir mercadorias de alta tecnologia e que garanta qualidade de vida e emprego para as pessoas.

Bandera_Brasil

Isso será possível, disse Cristovam, se o país deixar de fazer somente mudanças pontuais e atentar para uma mudança de cunho ideológico que perpassa os quatro componentes habitualmente vinculados à economia: o aspecto econômico, político, social e ambiental.

Como exemplo, o senador afirmou que mesmo que o etanol venha a ficar mais caro, seu uso é preferível porque é sustentável e custa menos para a natureza. Além disso, ele mencionou uma tendência de pensamento existente na Europa conhecida como “descrescimento feliz”, que defende a redução da jornada de trabalho a fim de que o trabalhador tenha tempo para atividades que lhe tragam conforto e bem-estar.

Crise

Cristovam concordou com Requião quando este fez um alerta para a perspectiva de o Brasil, em breve, sofrer uma crise semelhante à vivida por países como Grécia e Itália, por ter a economia excessivamente dependente da exportação de “poucas commodities”, que podem perder preço e competitividade no mercado internacional.

Em aparte, Requião, que introduziu o assunto em Plenário nesta sexta, manifestou preocupação pelo fato de o governo não adotar medidas como aumento salarial e redução de impostos, e criticou a falta de financiamento à produção e de estímulo ao mercado interno.

Post Relacionados

1 Comentário

RSS de comentários. TrackBack URI

  1. […] Apesar disso, os preços não devem chegar a picos tão altos, dado principalmente à queda na demanda pela proteína no Brasil. Os preços deste primeiro semestre ficaram 28,5% mais altos que o mesmo […]

    Pingback por Arroba do boi seguirá em alta este ano no Brasil — 26 de julho de 2011 #

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil