Busca:

Etiqueta Arquivos: trabalho

Novembro, a menor geração de empregos em 11 meses no Brasil


A economia brasileira teve em novembro a menor geração de empregos formais em 11 meses, registrando a pior criação de vagas para o mês em três anos, em mais um indicativo dos efeitos da crise internacional sobre a atividade doméstica.

trabalho

Em novembro, foram gerados 42.735 postos de trabalho com carteira assinada, informou o Ministério do Trabalho nesta terça-feira, com base em números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). O número veio bem abaixo da estimativa feita no mês passado pelo então ministro do Trabalho, Carlos Lupi, para quem o país teria geração líquida de pelo menos 70 mil postos.

O dado de novembro representa um tombo de 69% ante os 139 mil postos criados em outubro.

Mais

Oportunidade de Emprego para Ensino Médio


Por mais que a economia brasileira se encontre aquecida e que as taxas de desemprego estejam entre as menores do mundo, alguns profissionais em áreas específicas ainda buscam sua oportunidade.

Uma dessas áreas específicas consiste na docência para o ensino fundamental e básico, nas quais muitos profissionais formados pelos antigos cursos “normais” ou de formação de professores ainda buscam colocações secundárias que permitam a complementação de seus rendimentos obtidos através de suas funções docentes principais.

Neste momento, encontram-se abertas até o dia 18 de Abril, vagas para contrato temporário (e portanto sem concurso) para professores do nível DOC II da SEEDUC (Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro).

Essas vagas abrangem as classes nas escolas da rede pública de ensino do Estado do Rio de Janeiro que vão do ensino fundamental até a quarta série.

Tais vagas tem que ser preenchidas por contratos temporários, tendo em vista que, após a municipalização desse segmento do ensino público, o Estado do Rio de Janeiro ficou legalmente proibido de realizar concurso público já que tais turmas vem sendo extintas gradativamente em virtude de que novos alunos não podem ser matriculados nessas classes em escolas da Rede Estadual de ensino.

Contudo como ainda existem várias turmas à serem atendidas, a necessidade de se contratar profissionais temporários permanece.

As informações relativas à este contrato temporário, incluídos aí os critérios para contratação dos profissionais devidamente habilitados encontra-se no seguinte endereço de web: http://www.educacao.rj.gov.br/index5.aspx?tipo=secao&idsecao=345.

É importante ressaltar que o Governo do Estado do Rio de Janeiro, através de sua Secretaria de Educação, vem realizando chamadas constantes para o preenchimento dessas vagas, que representam uma boa oportunidade para complementação salarial, tendo em vista a baíxissima carga horária mínima necessária (entre 16 e 22 horas semanais).

Os interessados deverão se inscrever no link acima. Boa sorte a todos os que venham a se inscrever para a avaliação de títulos.

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil