Busca:

Etiqueta Arquivos: Macroambiente Económico

O Macroambiente Económico


O domínio do conhecimento acerca do macroambiente económico é de suma importância para empresários, homens de negocio, tomadores de decisão e para todas as pessoas de forma generalizada, a dona de casa, o estudante, o político, o profissional, pois os acontecimentos que ocorrem na esfera macroeconómica afetam a vida de todos.

dados-300x212

A macroeconomia propoe-se a responder questoes tais como: Qual o motivo de tanto desemprego? Por que o Brasil é deficitário no Balando de Pagamentos? A inflação poderá voltar? O que fazer para baixar a taxa de juros?

Assim, pode-se dizer que as medidas adotadas no âmbito da política econômica (abordagem macroeconómica) afetam de maneira intensiva a vida do cidadão comum. Uma decisão de elevação do depósito compulsório pode interferir diretamente na renda, no emprego, nas vendas, e conseqüentemente na vida dos agentes econômicos.

Para que Existem as Políticas Econômicas?


Os governos federais, estaduais e municipais têm importante papel na economia de uma nação. As principais funções do setor público são destacadas em quatro áreas de grande abrangência:

2007090243privateequity

· Reguladora: o Estado deve regular a atividade econômica mediante leis e disposições administrativas. Com isso, torna-se possível o controle de alguns preços, monopólios e ações danosas ao direito do consumidor;

· Provedora de bens e servidos: o governo, também, deve prover ou facilitar o acesso a bens e serviços essenciais, principalmente aqueles que não são de interesse do setor privado, tais como, educação, saúde, defesa, segurança, transporte e justiça;

A Política monetária II


A lógica da política monetária consiste em controlar a oferta de moeda (liquidez) para determinar a taxa de juros de referência do mercado.

2dk8TYL

Assim, respondendo a uma questão de anseio popular, a inflação pode retornar a patamares mais altos? Sim. Mas isto só virá a acontecer se por algum motivo (dificuldades na rolagem da dívida, por exemplo) o governo tiver que colocar em circulação uma grande quantidade de moeda para financiar a dívida.

O BACEN pode alterar os meios de pagamento (oferta de moeda) utilizando-se de quatro instrumentos:

Custo da indústria dispara


Estudo da Fiesp mostra que, nos últimos 12 meses, os empresários só repassaram metade da alta dos custos.

costo-capital

Os custos de produção da indústria paulista subiram 12% no intervalo de um ano. Desse total, metade foi repassada ao preço dos produtos e o restante, absorvido pelos empresários, que diminuíram os investimentos.

A constatação é de uma pequisa da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) feita com 358 empresas de todos os tamanhos.

Para minimizar os efeitos do aumento dos custos, 68% das fábricas reduziram a margem de lucro, 59% estreitaram as despesas administrativas e 41% aumentaram os preços dos produtos, entre outras soluções (veja quadro abaixo).

A Política monetária


A política monetária tem como objetivo controlar a oferta de moeda na economia. Determinar a quantidade de moeda (dinheiro) na economia é função do Conselho Monetário Nacional (CMN), com participação do Banco Central do Brasil (BACEN).

Dinero-mercado

Ao determinar a quantidade de dinheiro, tem-se a formação da taxa de juros, ou seja, a taxa de juros pode ser de forma simplificada interpretada como sendo o "preço do dinheiro".

A lógica da política monetária consiste em controlar a oferta de moeda (liquidez) para determinar a taxa de juros de referencia do mercado. Nesse sentido, o Banco Central, seja qual for o país, eleva a taxa de juros ("preço do dinheiro"), enxugando (diminuindo) a oferta monetária, e a reduz atuando de forma inversa.

Mais

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil