Busca:

São Paulo Alpargatas e seu novo plano estratégico


A São Paulo Alpargatas, dona das marcas Havaianas, Dupé, Rainha e Topper, anuncio novo plano estratégico de longo prazo. Até 2014 tentará aumentar em 50% sua produção de Havaianas, abrir 500 lojas entre próprias e franquias e fazer aquisições dentro e fora do país. Também quer dar mais liquidez a suas ações na Bolsa de Valores.

A companhia procura chegar a 2014 com faturamento anual de R$ 5,5 bilhões. A receita do ano passado foi de R$ 2,4 bilhões e até o terceiro trimestre assegurou faturamento de R$ 1,9 bilhão. A companhia brasileira do grupo Camargo Corrêa pretende chegar ao ano da Copa do Mundo como empresa global.

“Nós hoje somos referência como case de marketing, como uma empresa que conseguiu reposicionar no mercado o seu principal produto, as Havaianas. Mas queremos ser referência global em 2014. Quero que a Alpargatas seja citada em Universidades como Harvard e Stanford não apenas por essa estratégia, mas também por ter conseguido ser referência mundial com seus produtos e expansão”, afirmou Márcio Utsch, presidente da São Paulo Alpargatas.

A produção anual é de 252,2 milhões de pares de sandálias Havaianas, mais Utsch procura uma produção de 378,3 milhões de pares até 2014.

A expansão da produção vai contar com uma nova fábrica da Alpargatas em solo brasileiro. Quatro estados estão na disputa, dois do Sudeste e dois do Nordeste. “Não posso falar quais são estes estados, mas o que vai predominar na nossa decisão é onde teremos o menor custo final”, afirma o empresário.

Um dos estados que está na disputa é Minas Gerais. O Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (Indi) está intermediando as negociações entre o estado e a empresa. Ismael Villas Boas, diretor responsável pela operação, informa que não pode fornecer maiores detalhes da negociação. “A empresa é de capital aberto”, afirma Villas Boas.

Post Relacionados

Sem comentários

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil