Busca:

Setor quinario da Economia


O setor quinario e um setor econômico de acordo com alguns economistas que inclui os serviços sem animo de lucro como a saúde, a educação, a cultura, a investigação (não remunerada), a policia, os bombeiros, e outras instituições não governamentais ou mais conhecidas como ONG’s.

Estas organizações são usualmente inclusas nos setores terciários e quaternários. A pesar da implicância, o setor quinario não e o sucessor do setor quaternário, principalmente porque requer de uma base populacional e dos impostos gerados por outros setores com fins lucrativos para poder operar.

O setor quinario também inclui atividades domesticas como as realizadas pelas amas de casa ou familiares que cuidam de outros nos próprios lares. Estas atividades são imensuráveis em quantias econômicas pelo diverso, abrangente e impossibilidade de registro, mas fazem uma importante, senão vital contribuição para a economia.

 

¿Imagine só não ter uma pessoa que tome conta do seu filho pequeno, que ainda não tem idade para ir à creche e você precisando ir trabalhar?

¿Ou imagine só trabalhar em dois empregos (16 horas por dia entre os dois), voltar para casa e não ter alguém que tenha preparado alguma coisa para comer, ou que tenha botado a roupa no lava roupa, ou limpado um pouco a sua casa, ou levado seu cão para passear e fazer suas necessidades?

Na verdade, se este setor não existisse, ia ser impossível de você trabalhar tranqüilo, ou voltar para casa e comer o que deve, ou dormir em lençóis limpos, ou ter roupa limpa para usar no outro dia.

Outros pesquisadores (Hatt, Paul, and Foote, Nelson (1953). “On the expansion of the tertiary, quaternary, and quinary sectors”, American Economic Review) propuseram subdivisões do setor terciário em setores quaternário e quinario baseados na administração da informação (4to. setor) e a geração do conhecimento (5to. setor).

O termo quinario e então utilizado não para classificar sobre a base de lucrativo vs. Não lucrativo, senão sobre a base do uso do conhecimento, medindo então políticas e sistemas de inovação. E interessante que no mesmo artigo os autores mencionam que este setor deverá ser desenvolvido principalmente (mas não exclusivamente) a través do investimento público.

Post Relacionados

5 Comentários

RSS de comentários. TrackBack URI

  1. Que pesquisa legal.Aem de me ajudar no dever de casa,descubro coisas que nao sabia!Valeu:)!

    Comentário por Mariana — 24 de novembro de 2010 #

  2. Que pesquisa legal!Obrigadaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!pela ajudaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!BJS:)

    Comentário por Mariana — 24 de novembro de 2010 #

  3. Que pesquisa legal!Obrigadaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!

    Comentário por Mariana — 24 de novembro de 2010 #

  4. Obrigadoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo!
    Por essa pesquisa!

    Comentário por iago — 27 de maio de 2011 #

  5. valeu!

    Comentário por oi — 14 de março de 2012 #

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil