Busca:

Investimentos e demanda interna puxam otimismo no Rio de Janeiro.


Investimentos e demanda interna puxam otimismo no Rio de Janeiro.

Os empresários industriais do Rio de Janeiro estão otimistas com o futuro de seus negócios e da economia do País, mas desconfiam das condições atuais, com aceleração da inflação, alta de juros e real muito valorizado.

clip_image002

A conclusão é do Índice de Confiança do Empresário Industrial Fluminense (Icei-RJ), elaborado pelo Sistema Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro). O indicador, medido no fim do primeiro trimestre, ficou em 60,6 pontos. A escala vai de 0 a 100, sendo 50 pontos o indicador de estabilidade. Há oito meses o Icei-RJ não só está positivo como permanece acima de sua média histórica.

O Índice é formado pelos indicadores de expectativas e de condições atuais, cada um deles levando em conta a economia brasileira, o Estado do Rio de Janeiro e a própria empresa.

A queda na avaliação das condições atuais teve início em abril de 2010, exatamente quando começou o processo gradual de aumento da taxa básica de juros (Selic) pelo Banco Central. Com isso, no espaço de um ano, o número passou de 61,7 para 50,8 pontos. A percepção parece ter contaminado a avaliação dos empresários quanto às condições do Estado e do próprio negócio, que ainda indicam confiança, mas com pontuações menores que antes.

Expectativas dependem da atuação do Governo- Por outro lado, os empresários industriais vislumbram um cenário bem melhor a médio e longo prazo, com as oportunidades que surgirão a partir dos investimentos em curso e da demanda interna, que permanece aquecida. A nota de expectativas ficou em 65,4 pontos, com destaque para a avaliação do próprio negócio, que chegou a 67,9. A expectativa com relação às condições da economia brasileira como um todo ficou em 59,4 pontos.

Post Relacionados

Sem comentários

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil