Busca:

Glossário Econômico Básico – Letra P


Paraísos fiscais – Pequenos países onde os impostos são muito baixos ou inexistentes, o que atrai multinacionais. Para fugir da alta tributação em seu país de origem, elas acabam instalando suas filiais nesses paraísos. Outro atrativo é a garantia absoluta de sigilo bancário. É por isso que muitas pessoas depositam ali o dinheiro obtido em operações ilegais. São paraísos fiscais: Bahamas, Libéria, Ilhas Cayman, Luxemburgo e Suíça.

Fusiones_Bolsas

Passivos – Conjunto das dívidas e obrigações de uma empresa. É o oposto do ativo.

Patrimônio – Conjunto dos bens de uma pessoa ou empresa administrados de forma a dar lucro ou gerar renda. No caso de uma empresa, o patrimônio é a diferença entre o que a companhia tem (ativo) e suas dívidas (passivo). Se o resultado é positivo, obtém-se o patrimônio líquido. Se for negativo, o passivo líquido.

Penhor – Entrega de bens móveis (jóias, por exemplo) a um credor como garantia de pagamento da dívida. Em casos de o devedor não quitar seus débitos na data prevista, o credor toma posse do bem penhorado. É diferente de penhora.

Penhora – Apreensão judicial de bens de um devedor no valor equivalente ao total de sua dívida. Isso pode acontecer se ele não quitar sua dívida no prazo acertado com o credor.

Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL) – Produto de previdência privada que serve para complementar a renda de aposentados pelo Instituto Nacional de Securidade Social (INSS). Quem compra um plano desses paga uma mensalidade calculada sobre o valor final do benefício que pretendem receber. Esse dinheiro é aplicado em fundo de investimento e a bolada vai crescendo ao longo dos anos. Em geral, os participantes contribuem durante 30 anos. Quem compra um PGBL consegue abater 12% no imposto de renda anual até começar a receber o benefício. É possível sacar o dinheiro a qualquer momento, mas paga-se imposto de renda na hora do saque (varia entre 15% e 27,5%). Mas, ao contrário, das demais aplicações do mercado financeiro, o governo não cobra imposto sobre os rendimentos dos PGBLs. O que torna esses planos mais atrativos que os demais vendidos pelas seguradoras é o fato de que todos os lucros obtidos nas aplicações financeiras são repassados aos clientes. Apesar disso, não há a garantia mínima de retorno dada pelos planos tradicionais, que repassam 75% dos lucros obtidos mais a correção da inflação. Ou seja, enquanto os planos tradicionais garantem um mínimo mesmo se as aplicações derem prejuízo, no PGBL essa garantia não existe, mas todos os lucros obtidos são repassados ao segurado. Como é praticamente impossível de registrarem prejuízo, os planos PGBL estão chamando a atenção.

PIB – Sigla de "Produto Interno Bruto", principal indicador da atividade econômica. É o valor de todos os bens e serviços produzidos dentro das fronteiras de um país, independentemente da nacionalidade do produtor. Existem dois tipos: o PIB total é expresso em valores do ano analisado; o PIB real é a "tradução" dos resultados para valores atuais, descontando-se a inflação e a variação da taxa de câmbio (uma vez que geralmente é expressa em dólares norte-americanos).

PNB – Sigla de "Produto Nacional Bruto", que é a expressão em valor monetário de todos os bens e serviços produzidos com recursos de um país, empregados dentro ou fora do território nacional, pertencentes a pessoas ou empresas. Ao contrário do PIB, inclui o resultado de empresas no exterior e desconta os investimentos de capital estrangeiro dentro do território nacional. Na prática, a diferença entre PIB e PNB representa o tamanho da renda enviada ao exterior ou recebida dele. Quando o PNB é inferior ao PIB, o país remete mais renda do que recebe. Se a relação for inversa, o país recebe mais renda que envia.

População economicamente ativa (PEA) – Parcela da população disponível para o trabalho assalariado. Não quer dizer, necessariamente, que todas as pessoas nesta situação estejam empregadas, mas que estejam na faixa etária considerada com aptidão para exercer uma função remunerada.

Precatórios – Dívidas do próprio Estado cujo pagamento é determinado pela Justiça. Ou seja: não há mais chances de questioná-las nos tribunais. Se ainda assim não forem pagas, o Supremo Tribunal Federal (STF) pode decretar intervenção federal no Estado devedor. A lei garante que, para quitar os débitos, é possível emitir títulos correspondentes ao valor da dívida. Entretanto, valendo-se desta lei, alguns Estados emitiram papéis de forma irregular desviando os recursos. As operações, feitas entre 1994 e 1996, ficaram conhecidas como o "escândalo dos precatórios".

Pregão – Sessão em que se efetuam negócios em uma Bolsa de Valores. Funciona da seguinte maneira: os operadores das diversas corretoras anunciam em voz alta quais são as ações que eles querem comprar ou vender, e a que preço. Os negócios são fechados assim, aos gritos na sala do pregão, e formalizados no final do dia.

Previdência privada – Sistema de pensão administrado por instituições financeiras e que tem como finalidade complementar a aposentadoria paga pela previdência pública oficial.

Prime rate – Taxa de juros cobrada por bancos norte-americanos de clientes preferenciais (como grandes corporações) que têm chances remotas de dar um calote.

Privatização – Processo de venda em leilão de uma estatal para uma companhia ou consórcio de empresas do setor privado.

Procon – Instituições de proteção e defesa do consumidor, encarregadas de defender as pessoas contra o abuso econômico.

Post Relacionados

3 Comentários

RSS de comentários. TrackBack URI

  1. […] óptica da despesa, o PIB é medido pela adição de todas as demandas final de bens e serviços em um determinado período. […]

    Pingback por PIB – Cálculo e Apresentação — 21 de outubro de 2011 #

  2. […] estagnação do Produto Interno Bruto (PIB) no terceiro trimestre do ano, na comparação com o trimestre imediatamente anterior, não […]

    Pingback por Estagnação da economia no 3º trimestre não surpreende — 31 de Maio de 2012 #

  3. […] dengue, equistosomiasis particularmente em climas quentes e temperadas, áreas de inundação com o património cultural paisagem, gerar o movimento das populações, incluindo Aswan, Itaipu, Yaciretá e aumentar […]

    Pingback por Economia da Energia – Impacto Ambiental das Fontes de Energia — 3 de novembro de 2012 #

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil