Busca:

Espera-se crescimento de 5% da economia brasileira em 2012


A presidente Dilma Rousseff estimou nesta sexta-feira que o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2012 deve ficar em torno de 5%. “Minha meta é de cinco, a do (ministro da Fazenda) Guido (Mantega) é de cinco, da área econômica é cinco”, afirmou. “A minha expectativa é otimista, vocês queriam que fosse pessimista?”, disse em tom bem humorado.

dilma-rousseff

Segundo fontes do Planalto, o governo espera um crescimento de menos de 3,5% em 2011. No terceiro trimestre deste ano, a economia brasileira ficou estagnada, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Para a presidente a inflação não deverá ultrapassar o teto da meta, de 6,5%, neste ano.

Dilma disse que o Brasil vai bater com facilidade a meta de superávit de 2011, que é de US$ 91,7 bilhões. “Vamos atingir sem nenhum problema”, disse. A presidente comemorou ainda a situação fiscal brasileira que garante fôlego para uma crise de longo prazo.

“Aprendemos muito com a gestão da crise de 2009”, disse a presidente ao apresentar número dos depósitos compulsórios brasileiros, que representam para o governo “um colchão” que evita a retirada de recursos do orçamento. Em 2002, o volume de compulsórios era de R$ 400 bilhões. Hoje, segundo a presidente, o montante chega a R$ 1,940 trilhão. “O Brasil tem um salto no crédito“, disse.

“O combate (brasileiro) à crise, não leva à perda de robustez”, disse a presidente, referindo-se ao volume de crédito brasileiro. “Nós temos recursos próprios para enfrentar este momento”, assegurou.

Perguntada se a inflação iria convergir para o centro da meta, de 4,5%, ela disse que será “uma curva suave”. Para Dilma, “não faz diferença nenhuma”, se a inflação fica em 4,5% ou 5%, “no sentido de que não está descontrolada”. Segundo ela, por conta da política fiscal o País “tem fôlego” e “capacidade de manobra” para enfrentar as dificuldades que a crise global trará ao Brasil.

Post Relacionados

Sem comentários

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil