Busca:

Economia brasileira desacelera e expande somente 0,5% no último trimestre


Apesar de ter se desacelerado, a expansão da economia em 2010 deverá ser uma dos maiores do mundo, ressaltou ontem o ministro da Fazenda, Guido Mantega.

Mais moderada, a alta do Produto Interno Bruto (PIB) divulgada ontem pelo IBGE, de 0,5% no terceiro trimestre do ano, refrigerou a atividade ameaçada pelo superaquecimento porque abre a perspectiva de uma trajetória mais sustentável, com ameaças menores de aceleração da inflação e desequilíbrios externos.

Só nos nove primeiros meses, o PIB acumula crescimento de 7,5%. Como queda no último trimestre é pouco provável, o resultado entusiasmou Mantega, que projeta alta de 8% no ano. Entre os analistas, o alívio maior veio com os sinais de redução do ritmo de expansão.

– Havia um descompasso entre a oferta e a demanda, daí o grande aumento das importações. A desaceleração é positiva, pois coloca a economia em uma trajetória mais próxima de seu potencial – justificou o economista da PUC-RJ e da Opus, José Márcio Camargo.

A avaliação foi confirmada pelo presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, para quem o crescimento do PIB “confirma o diagnóstico do BC de que a economia brasileira se desloca para uma trajetória mais condizente com o equilíbrio de longo prazo”.

Veio do formato de cálculo da demanda uma das melhores notícias do PIB. A conta dos investimentos cresceu 3,9%, e está voltando ao nível anterior à crise de 2008 – 19,4%, pouco abaixo do teto de 2008, de 20,6%. Quanto maior esse indicador, menor o risco de inflação. Significa que o setor produtivo está expandindo sua capacidade para atender à demanda, o que reduz pressões nos preços. Muitos consideram que o Brasil precisa de um nível próximo a 25% para crescer acima de 5,5% ao ano sem pressões inflacionárias.

Entre as más notícias, estão a queda além do esperado da indústria e um nível de consumo das famílias, puxado pelo crédito, alto, o que eleva o risco de inflação. Cresceu 5,9% sobre o mesmo período de 2009, pela 28ª vez seguida.

Fonte: Jornal de Santa Catarina

Post Relacionados

1 Comentário

RSS de comentários. TrackBack URI

  1. O que mais quero, é que o Brasil se desenvolva mais e seja um país desenvolvido

    Comentário por leone — 8 de Março de 2011 #

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil