Busca:

Crescimento vigoroso do Brasil alavancado por uma variada economia


Crescimento do investimento estrangeiro direto no Brasil, nos últimos três anos, é destacado por Jarib Fogaça, da consultoria KPMG no Brasil. “Depois do investimento estrangeiro direto no Brasil alcançar US$ 45 bilhões em 2008 e cair para US$ 25 bilhões em 2009, no ano de 2010 foi atingida a respeitável quantia de US$ 48 bilhões. Isso sem falar dos US$ 32 bilhões obtidos pelo País somente no primeiro semestre deste ano”.

seguro6

Ele informa que uma pesquisa recente da KPMG mostrou que 41% dos mais de 185 executivos que atualmente investem no Brasil mostraram-se interessados em expandir a destinação de recursos ao país. “Para 66%banco central do brasil, bancos brasileiros, crise, crise economica,exposição financeira dos bancos dos entrevistados, o principal motivo é a expansão de sua clientela pelo acesso aos mercados locais e regionais. Ou seja, o país permanecerá um destino atrativo para investidores do mundo todo”.

O Brasil é notável às empresas, avalia o integrante da KPMG, que buscam estabelecer ou expandir suas operações industriais. É realista esperar que o apoio aos negócios e a estabilidade política, o aumento do consumo pelo crescimento da classe média — com renda disponível e sede de novos produtos e serviços — e a realização dos mais importantes eventos esportivos mundiais criarão oportunidades para uma imensa variedade de segmentos.

Fogaça lembrou discurso de posse da presidenta Dilma Rousseff de que o o seu governo tem como meta permanente valorizar nosso parque industrial e ampliar sua força exportadora será meta permanente.

Sediar a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016 também estimulará o crescimento da economia, criando oportunidades para diversos segmentos. Setores ligados à infraestrutura, energia, turismo e hotelaria, redes de comunicação e equipamentos relacionados a segurança, dentre tantos outros, poderão encontrar oportunidades com a realização destes megaeventos.

Na mesma pesquisa da KPMG, 52% dos entrevistados identificaram a alta e complexa tributação como uma barreira para investir no Brasil. Entretanto, os vários regimes tributários também oferecem incentivos e benefícios às empresas que estabelecem operações industriais. Por exemplo, na esfera federal, as empresas que trazem equipamentos de produção mais sofisticados para fins de fabricação podem solicitar uma taxa de depreciação duas vezes maior sobre esses equipamentos para fins tributários; na esfera estadual, existem incentivos diferenciados em cada Estado, e um deles é o diferimento de pagamentos de impostos por cinco anos sem incorrer em juros; algumas cidades oferecem terrenos para fábricas por um custo baixo devido à expectativa de geração de empregos e outros benefícios econômicos.

Post Relacionados

3 Comentários

RSS de comentários. TrackBack URI

  1. […] gado converte em carne o valor econômico elevado, plantas, ervas, cujo valor econômico direto e muito […]

    Pingback por Setor Primário da Economia — 21 de outubro de 2011 #

  2. […] Cabral declarou que o legado dos Jogos Olímpicos de 2016 para a população é o aspecto mais importante da realização do evento. Ele citou […]

    Pingback por Rio de Janeiro de cabeça nos Jogos — 3 de novembro de 2012 #

  3. […] grande expectativa dos administradores da Galp Energia em relação à possibilidade de entrada da companhia […]

    Pingback por Petrobras ainda não se decide sobre a entrada na Galp — 3 de novembro de 2012 #

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil