Busca:

2011 o Brasil deve crescer menos, segundo estimativas do BC


A economia brasileira deve crescer, em 2011, em ritmo menos intenso que o registrado em 2010, de acordo com o Boletim Regional divulgado pelo Banco Central (BC) nesta sexta-feira. Segundo o comunicado, isto é resultado das ações da política monetária e das medidas macroprudenciais adotadas.

crise

O BC também afirmou que a instabilidade internacional continua exercendo contribuição negativa para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) do País.

Segundo o boletim, a expansão da economia brasileira no primeiro semestre deste ano evidenciou o impacto da safra de grãos sobre a agropecuária e o desempenho da demanda doméstica. Os investimentos devem continuar crescendo nesta área, mas serão menores que os feitos em 2010.

De acordo com o Banco Central o índice de atividade da economia (IBC-Br) registrou continuidade no processo de expansão no segundo trimestre do ano, mas a evolução é distinta em termos regionais. O IBC-Br das regiões Sul (que passou de 1,9% em maio de 2010 para menos 0,1% no mesmo mês de 2011), Centro-Oeste (que passou de 2,1% para 0,1% no mesmo período) e Norte (passou de 1,8% para 0,9%), mostraram sinais evidentes de moderação.

O maior índice registrado foi na região Nordeste, apesar de também apresentar queda em relação à movimentação registrada em maio do ano passado (caiu de 3,1% para 2,6%).

Post Relacionados

1 Comentário

RSS de comentários. TrackBack URI

  1. […] e Brasiliana, 6% da Telemar, Copel e JBS-Friboi, e 4% da Petrobrás. Mesmo que mais de 50% dos seus investimentos estejam em energia, sua mão chega em todos os setores e […]

    Pingback por Brasil tem o maior banco de desenvolvimento do mundo — 21 de outubro de 2011 #

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil